sexta-feira, 20 de junho de 2014

Entrevistando a modelo internacional Déborah Ronsholt



Déborah Ronsholt para a Dorcas

Ela começou a carreira no Brasil, mas foi em busca do seus príncipe dinamarquês que ela encontrou, fama e sucesso como modelo plus size.

Tudo começou em 2011, após ser descoberta por uma dona de loja que se encantou por sua beleza e a convidou pra ser modelo plus size. À partir daí Déborah Ronsholt participou de concurso, castings e outras fotos, mas o amor a levou desistir de tudo e ir à Dinamarca para casar com seu amado. Como uma história de conto de fadas, ela casou-se encontrando a felicidade do amor.


  Ensaio para a loja dinamarquesa Junarose

Por conta de sua beleza, mais uma vez a brasileira, do Rio de Janeiro, encantou alguém com o rostinho parecido com o da atriz americana Alicia Silverstone, e a convidou para um ensaio. Daí a bela Déborah não parou mais. Hoje ela é uma das modelos mais requisitadas da Dinamarca, e já participou de vários eventos, desfiles, campanhas e ensaios fotográficos.

Conversei com ela e venho mostrar pra vocês um pouco dessa beldade dinamarquesa.



Ensaio pelos pontos turísticos de Copenhagen

Como foi quando te descobriram na Dinamarca?

Déborah Ronsholt: Em fevereiro deste ano fui para o Brasil de ferias, a princípio para passar 20 dias apenas. Porém, acabei ficando mais e voltei a modelar ainda no nosso país, atividade que não exercia há algum tempo... Com isso, voltando para a DK, resolvi tentar a sorte e participei de um casting para uma agência - e fui selecionada! Assim comecei!

Primeiro ensaio de sua carreira para a loja Dorcas

Você vê diferença entre a moda do Brasil e da Dinamarca?

Déborah Ronsholt: Eu não vejo diferença na moda entre os dois países, até porque o Brasil está super atual com relação as tendências do mercado. Mas eu vejo diferença na padronagem. Eu emagreci alguns quilinhos e hoje meu manequim é 46. Em qualquer loja que eu vá aqui na DK, ou na Alemanha, Suécia (onde adoro fazer compras), eu tenho a certeza de que o manequim 46 ficará perfeito. Já tive algumas experiências no Brasil ao vestir uma calça 48 que nem entrou, enquanto que em outra loja o 44 serviu divinamente. Claro que existem diferentes tipos físicos inclusive no mundo plus size, mas acho que a padronização é importante, principalmente com o crescimento das vendas online.

Ensaio para a loja Teese do Rio de Janeiro.


E se tratando de trabalhos e modelos, você vê diferença entre os dois países?

Déborah Ronsholt: Os trabalhos são maravilhosos e, como no Brasil, cada cliente exige um perfil. Fiz uma campanha de Alta costura para uma designer dinamarquesa e o ensaio foi muito diferente de tudo o que eu já tinha feito, pois nos foi pedido um "ar escandinavo" nas fotos. O resultado me surpreendeu bastante, eu nem me reconheci quando vi... Ficou lindo! Fui convidada pessoalmente pela mesma designer a desfilar pela coleção, com a mesma inspiração das fotos, um ar mais sério e chique - foi um sucesso! Acho que ser modelo é isso, viver o personagem que a marca pede, é uma identificação. Com relação as modelos daqui, o que difere das brasileiras é, principalmente, a altura. Eu tenho 1.78 e posso te garantir, não sou a mais alta.

Desfile para a designe Michelle Volquards no Fashion Week

Como é modelar em outro país?

Déborah Ronsholt: Modelar em outro país é uma experiência muito rica e única, a começar pelo know-how da moda, a oportunidade de representar marcas internacionais, pelos lugares maravilhosos que você acaba conhecendo a trabalho... Todo o processo, que é feito em outro idioma, claro! Os photoshoots são sempre em inglês ou dinamarquês, o que é engraçado porque até algum tempo atrás eu jamais me imaginaria primeiro estando casada, segundo morando na Europa e terceiro - trabalhando como modelo - Deus é maravilhoso! Só tenho a agradecer!






Ensaio para a designe Michelle Volquards

Os desfiles de moda em que você participou eram somente de moda plus size ou eram misturados, moda plus e fashion?
Déborah Ronsholt: Então. O da Zizzi foi somente plus size. A Zizzi é uma das maiores e mais importantes marcas do segmento plus aqui no norte Europeu. Eu fiquei muito feliz com o convite deles, principalmente porque eu fui a única modelo com mais looks, a única estrangeira e fechei o desfile.
Quando desfilei para a designe Michelle Volquards, foi um dia de desfiles misturados, pois eram várias coleções, porem a única colecao "curvey" foi a dela. Eu fotografei para a coleção de alta costura dela e fui convidada pela própria a desfilar também. 

Evento na grife Zizzi

E como foi desfilar pra uma grife tão importante como a Zizzi?
Déborah Ronsholt: A Zizzi é tão famosa que a Modelo é a Denise Bidot. Eu fui convidada para um evento exclusivo da Zizzi durante o Fashion Week e conheci a Denise, trocamos altos papos. Ela é uma flor.
As coisas estão acontecendo e, pra ser sincera eu não esperava, pois tinha parado de modelar... Mas estou feliz, principalmente quando me dou conta de que, de fato, me tornei modelo internacional...É muito bom.

 Destaque na coluna da Marcia Peltier

Recentemente você foi destaque como modelo internacional na coluna da Marcia Peltier como você recebeu essa notícia?
Déborah Ronsholt: Achei maravilhoso, pois apesar de morar e trabalhar na Europa, estou tendo reconhecimento também no Brasil, o que me deixa muito feliz e orgulhosa!


Um recado para as leitoras:
Déborah Ronsholt: Não desista de seus objetivos. Eu recebi muitos "nãos" ainda no Brasil e eles me deram força para tentar novamente! Se cair 7 vezes, levante 8! Desejo a todos uma vida feliz e próspera!!

Ela é linda não?

Sucessos mil pra você loira! Represente o Brasil com tudo aí na terra dos Vikings.


Bjinhos

Ana Paula Holanda
07 out 2013

3 comentários:

  1. Aaaaaah, minha amiga foi agraciada, e está aproveitando bem... sucesso! Saudadeeeees! Parabéns Dé e Ana, ficou ótimo!!! Bjo minhas gatas!

    ResponderExcluir
  2. Mona, te adoro mulher. Saudades de ti. Obrigada!!! Que bom que você gostou. Bjinhos.

    ResponderExcluir
  3. TODO O CHARME E ESTILO DA MULHER BRASILEIRA BEM REPRESENTADOS LÁ FORA !!!!...O BRASIL SE ORGULHA DE TÍ !!!!

    ResponderExcluir