quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Protesto #Xôpreconceito contra as gordinhas chama a atenção de banhistas na Praia da Urca




Olá meninas!
Aconteceu no dia 18 desse mês, na Praia Vermelha da Urca/RJ, um protesto em forma de ensaio fotográfico contra o preconceito sobre as mulheres plus size, que reuniu 1 modelo plus e 9 amigas que aderiram ao protesto.

Para quem não sabe mais de 49% da população brasileira é de pessoas acima do peso, mas mesmo assim as pessoas não aceitam que somos diferentes, que as pessoas não são iguais nem na pele, na personalidade, no tamanho e na altura, mas o preconceito, coisa de mil novecentos e lá vai fumaça, ainda existe.


O protesto aconteceu porque uma das meninas foi ofendida por uma pessoa no Facebook. Sim, o rapaz (desconhecido) deu um print na foto dela de biquíni e colocou em seu Facebook, fazendo várias ofensas sobre a mesma. A modelo Thais Oliveira teve sua foto “furtada” e postada em um perfil masculino onde ele (o dono do perfil) e seus amigos ofenderam-na usando a foto, sem o consentimento da mesma. Depois desse fato sua amiga Gabrielen NegraLinda organizou um protesto em forma de ensaio fotográfico na Praia Vermelha, na Urca. Ela chamou suas amigas em comum e a modelo Plus Size Simone Daher, que aderiu na mesma hora o protesto #xôpreconceito.

Conversei com uma das modelos participantes, a modelo Simone Daher sobre o ocorrido. Veja as suas palavras:

Hoje em dia, quase todo mundo sabe, que o preconceito não é apenas mais um costume da sociedade. Preconceito é um crime e como crime deve ser punido. Muitas pessoas pensam que preconceito é apenas o racial, ou então quando alguém discrimina um indivíduo pela opção sexual, ou então por alguma doença. Muitas vezes as pessoas não percebem que até mesmo uma simples brincadeira, pode ser considerada como preconceito,pois fazer brincadeirinhas de mau gosto com alguém sem o consentimento do indivíduo pra mim já é preconceito.”

                                   Foto com uma das pessoas que observaram o ensaio

Como foram as reações das pessoas que estavam na praia e assistiram o ensaio?
Simone Daher: Durante o ensaio, várias pessoas aderiram ao movimento, dando palavras de incentivo e até mesmo querendo tirar fotos com as meninas. E com protesto fica comprovado que nós meninas mais cheinhas somos felizes da forma que somos e ninguém tem o direito de nos desrespeitar. Independente de qualquer coisa, todo e qualquer ser humano se deve respeito ao próximo, que é bom e nós gostamos. 

                                                                   Simone e a Thais

Eu sou gordinha e cuido do meu corpo e saúde, muitas pessoas pensam que por sermos gordas somos sedentárias e doentes. O que você tem a falar?
Simone Daher: Somos gordinhas sim e dai? Isso não significa que não cuidamos da nossa saúde e que não nos exercitamos. Cuidamos sim e fazemos todos os nossos exames anualmente, sempre fazendo exercícios, portanto não fazemos apologia a gordura. Muitas das meninas cheinhas, tem problemas hormonais. Então vai a dica: antes de falar ,escrever ou agir, devemos pensar muito para não ofender ninguém sem conhecimento. Já parou para pensar que somos felizes dessa forma? Respeito é bom e nós gostamos.”




Xô Preconceito!!! Vamos viver a vida e deixar os outros viverem.
Sou contra qualquer preconceito. 
Parabéns meninas pelo trabalho.

Bjinhos

Ana Paula Holanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vitrine PSNM